Dados Assistenciais

Dados assistenciais

Tabela 1 - Quantidade de eventos na Saúde Suplementar - 2015 a 2017
Tabela 1 - Quantidade de eventos na Saúde Suplementar - 2015 a 2017 Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração FenaSaúde. 1 Atendimentos prestados por médicos, com fins de diagnóstico e orientação terapêutica, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência. 2  Atendimentos realizados em regime ambulatorial de caráter eletivo, urgência ou emergência (exceto consultas médicas, exames e terapias). Inclui atendimentos com profissionais de nível superior. 3  Inclui todos os procedimentos de auxílio diagnóstico utilizados para complementar a avaliação do estado de saúde, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência. 4 Inclui todos os atendimentos utilizando métodos de tratamento, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência, incluindo honorários profissionais, medicamentos, materiais e taxas.Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração: FenaSaúde.
1 Atendimentos prestados por médicos, com fins de diagnóstico e orientação terapêutica, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência.
2  Atendimentos realizados em regime ambulatorial de caráter eletivo, urgência ou emergência (exceto consultas médicas, exames e terapias). Inclui atendimentos com profissionais de nível superior.
3  Inclui todos os procedimentos de auxílio diagnóstico utilizados para complementar a avaliação do estado de saúde, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência.
4 Inclui todos os atendimentos utilizando métodos de tratamento, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência, incluindo honorários profissionais, medicamentos, materiais e taxas.

 

Gráfico 1 - Quantidade de eventos na Saúde Suplementar - 2015 a 2017
Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração: FenaSaúde. 1 Atendimentos prestados por médicos, com fins de diagnóstico e orientação terapêutica, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência. 2  Atendimentos realizados em regime ambulatorial de caráter eletivo, urgência ou emergência (exceto consultas médicas, exames e terapias). Inclui atendimentos com profissionais de nível superior. 3  Inclui todos os procedimentos de auxílio diagnóstico utilizados para complementar a avaliação do estado de saúde, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência. 4 Inclui todos os atendimentos utilizando métodos de tratamento, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência, incluindo honorários profissionais, medicamentos, materiais e taxas.    Gráfico 1 - Quantidade de eventos na Saúde Suplementar - 2015 a 2017
Tabela 2 - Frequência de utilização por item selecionado - Saúde Suplementar - 2015 a 2017Tabela 2 - Frequência de utilização por item selecionado - Saúde Suplementar - 2015 a 2017 Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração: FenaSaúde.Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração: FenaSaúde.

Gráfico 2 - Frequência de utilização por item selecionado - Saúde Suplementar - 2015 a 2017

gráfico 2 - Frequência de utilização por item selecionado - Saúde Suplementar - 2015 a 2017 Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração: FenaSaúde.

Tabela 3 - Despesa Assistencial - Saúde Suplementar - 2015 a 2017 (R$)Tabela 3 - Despesa Assistencial - Saúde Suplementar - 2015 a 2017 (R$) Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração FenaSaúde. 1 Atendimentos prestados por médicos, com fins de diagnóstico e orientação terapêutica, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência. 2  Atendimentos realizados em regime ambulatorial de caráter eletivo, urgência ou emergência (exceto consultas médicas, exames e terapias). Inclui atendimentos com profissionais de nível superior. 3  Inclui todos os procedimentos de auxílio diagnóstico utilizados para complementar a avaliação do estado de saúde, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência. 4 Inclui todos os atendimentos utilizando métodos de tratamento, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência, incluindo honorários profissionais, medicamentos, materiais e taxas.Fonte: Mapa Assistencial/ANS - 2018. Elaboração FenaSaúde.
1 Atendimentos prestados por médicos, com fins de diagnóstico e orientação terapêutica, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência.
2  Atendimentos realizados em regime ambulatorial de caráter eletivo, urgência ou emergência (exceto consultas médicas, exames e terapias). Inclui atendimentos com profissionais de nível superior.
3  Inclui todos os procedimentos de auxílio diagnóstico utilizados para complementar a avaliação do estado de saúde, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência.
4 Inclui todos os atendimentos utilizando métodos de tratamento, em regime ambulatorial, de caráter eletivo, urgência ou emergência, incluindo honorários profissionais, medicamentos, materiais e taxas.

Gráfico 3 - Despesa Assistencial - Saúde Suplementar - 2015 a 2017 (R$)title

© Copyright 2016 | FenaSaúde | Rua Senador Dantas 74, 8º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777